Inscreva-se já!
Os maiores nomes do mercado de Cloud Computing Em uma conferência recheada de
negócios, oportunidades e informações

Rumores indicam que VMware pode criar nova empresa de nuvem

VMware planeja dividir pelo menos uma parte de suas propriedades de computação em nuvem para desenvolver uma nova empresa, conforme relevaram fontes anônimas ao site de tecnologia GigaOm. Essa nova empresa também inclui ativos da EMC, detentora da VMware. As propriedades de nuvem em questão, aparentemente, incluem elementos do Projeto Rubicon, uma plataforma de "infraestrutura-como-serviço" (IaaS), bem como da EMC Greenplum, de dados de análise. VMware também untether Cloud Foundry, sua Plataforma-como-um-Serviço de plataforma (PaaS).

Se uma nova empresa realmente surgir a partir desses ativos, seria algo a desafiar (pelo menos em algum nível) os vários "titãs" de tecnologia interessados ​​em alguma combinação de IaaS e PaaS (sigla em inglês para "plataforma-como-serviço"). O Google, por exemplo, recentemente deu um salto expressivo para o mercado IaaS com seu Google Compute Engine, anunciado durante sua conferência Google I/O em São Francisco; o serviço fornece acesso a usuários regulares ao mesmo poder de processamento massivo que o Google implementa para enfrentar alguns de seus maiores problemas de Big Data que enfrenta na Internet.

A Microsoft também atualizou recentemente o Windows Azure para incluir uma camada IaaS, tornando-o um concorrente à altura para os serviços de nuvem da Amazon. "O novo serviço de IaaS foi claramente projetado para incluir pelo menos o conhecimento superficial fornecido pelas líderes de mercado, como Amazon Web Services e Rackspace, entre outras", escreveu James Staten, analista da Forrester, em seu blog, logo após a inauguração do recurso, em junho passado.

Além disso, um punhado de outros fornecedores de TI - variando de pequenas startups a grandes organizações como Salesforce.com - estão comercializando algum tipo de solução PaaS com as ferramentas necessárias para desenvolver e implementar aplicativos em uma arquitetura multi-tenant. Para os desenvolvedores, todo esse contexto oferece a oportunidade para construir aplicativos sem precisar se preocupar com "picuinhas" da infraestrutura subjacente. "Você não tem que pensar sobre a implementação, correções ou versões do servidor", disse Byron Sebastian, vice-presidente executivo da Salesforce. "A plataforma-como-serviço" não aluga um servidor de aplicativos para você por hora; é simplesmente uma questão de não ter de lidar com servidores em nenhum momento", resume ele.

Se VMware decidir desmembrar-se para algum tipo de empresa em ambiente de nuvem, esta terá que descobrir uma maneira de aproveitar essa fatia promissoa de mercado a partir de alguns jogadores bem entrincheirados.
Fonte: SlashCloud [em inglês]

Patrocinadores

Patrocinadores Diamond

UOL Host

Mandic

Patrocinadores Platinum

Rackspace

Patrocinadores Gold

Locaweb

Patrocinadores Silver

Red Hat

SuperMicro

Fusion-io

Neuwald

Patrocinadores Bronze

4Linux - Free Software Solutions

ServerLoft

ShapeBlue

 
Apoio:












Organização:



Promoção:


Mídia oficial:


Mídias de apoio:





Últimas Notícias

28/10/2013

A nova era Cloudnomics
Leia mais

22/10/2013

Para deter os EUA, Brasil e Europa negociam regras comuns para computação em nuvem
Leia mais

15/10/2013

Corretagem na nuvem é tendência para 2014
Leia mais

14/10/2013

CloudConf 2013 aproxima profissionais e fornecedores de serviços para cloud computing
Leia mais

04/10/2013

CloudConf 2013: assista aos vídeos das palestras!
Leia mais

Outras notícias

Mapa do site
Sobre a CloudConf LatAm 2013 Inscreva-se! Programação do evento
Oportunidades de patrocínio LocalizaçãoContato
Últimas notícias Edição anteriorSiga-nos no Twitter