Inscreva-se já!
Os maiores nomes do mercado de Cloud Computing Em uma conferência recheada de
negócios, oportunidades e informações

OpenShift aberto!

OpenShiftComo já havia anunciado, a Red Hat abriu o código de sua PaaS (Platform-as-a-Service) OpenShift. A versão comunitária do produto, que foi chamado de OpenShift Origin, pode ser baixado como um live CD baseado no Fedora que pode ser usado para configurar uma instância do OpenShift em uma máquina física ou virtual.

O OpenShift foi apresentado há pouco menos de um ano e está baseado nas tecnologias da Makara, uma empresa que a Red Hat adquiriu em 2010. A plataforma usa diversos aplicativos em código aberto para funcionar e com o anúncio de hoje, a Red Hat abriu o código da interface de usuário e os componentes que agregam tudo. O software OpenShift foi escrito em Ruby e usa o YAML para definir contêiners para aplicativos hospedados na plataforma.

Existem diferentes edições do OpenShift que vão de uma versão Express, que executa aplicativos escritos em PHP, Ruby e Python, até uma edição Flex que é capaz de executar aplicativos Java e PHP mais complexos e que se vincula ao middleware JBoss da Red Hat. A edição de alto nível OpenShift Power pode executar qualquer aplicativo compilado no Red Hat Enterprise Linux (RHEL) 4 ou superior. O OpenShift também oferece opções para vincular esses aplicativos em diversas bases de dados, como MySQL, PostgreSQL e MongoDB. Para instalar e disponibilizar seus programas na plataforma, os desenvolvedores usam o Git para subir seu código para a nuvem e o OpenShift lidará com o escalonamento e gerenciamento nos bastidores.

A Red Hat afirmou seus planos para desenvolver o OpenShift de uma forma similar à distribuição Fedora Linux, com o OpenShfit Origin se tornando o projeto upstream para seu produto comercial. Nessa linha, a empresa está fornecendo recursos para o acompanhamento e relato de falhas, hospedagem do projeto e outro suporte para a comunidade OpenShift, exatamente como faz com o Fedora.

O OpenShift Origin está disponibilizado sob a licença Apache 2.0 e o código para o projeto está disponível no GitHub. O software pode ser instalado independentemente ou sobre o framework OpenStack, que a Red Hat vem apoiando proiminentemente nos últimos meses.

Fonte: h-online, em inglês.

Patrocinadores

Patrocinadores Diamond

UOL Host

Mandic

Patrocinadores Platinum

Rackspace

Patrocinadores Gold

Locaweb

Patrocinadores Silver

Red Hat

SuperMicro

Fusion-io

Neuwald

Patrocinadores Bronze

4Linux - Free Software Solutions

ServerLoft

ShapeBlue

 
Apoio:












Organização:



Promoção:


Mídia oficial:


Mídias de apoio:





Últimas Notícias

28/10/2013

A nova era Cloudnomics
Leia mais

22/10/2013

Para deter os EUA, Brasil e Europa negociam regras comuns para computação em nuvem
Leia mais

15/10/2013

Corretagem na nuvem é tendência para 2014
Leia mais

14/10/2013

CloudConf 2013 aproxima profissionais e fornecedores de serviços para cloud computing
Leia mais

04/10/2013

CloudConf 2013: assista aos vídeos das palestras!
Leia mais

Outras notícias

Mapa do site
Sobre a CloudConf LatAm 2013 Inscreva-se! Programação do evento
Oportunidades de patrocínio LocalizaçãoContato
Últimas notícias Edição anteriorSiga-nos no Twitter